A Importância da Atividade Física

Praticar atividades físicas regularmente auxilia na melhora da capacidade funcional pelo aumento da força e potência muscular. Ajuda também a manter ou aumentar a massa muscular, prevenindo ganhos futuros de peso, pois aumenta o gasto energético diário em repouso.

Minimiza a depressão e problemas emocionais. O exercício aeróbico provoca a liberação de hormônios que ajudam a aliviar o estresse e promovem uma sensação maior de bem-estar. Além disso, a contração rítmica da musculatura que é gerada em qualquer tipo de exercício aumenta os níveis de serotonina, um neurotransmissor (ou químico cerebral) que influência direta ou indiretamente células cerebrais relacionadas com o humor, ajuda a combater os pensamentos negativos, regulando algumas condutas sociais.

Melhora a vida sexual, tanto a libido como o desempenho. Em um estudo de seguimento realizado por profissionais de saúde de Harvard, descobriu-se que os homens que se exercitam 30 minutos por dia são 41% menos propensos a apresentar disfunção erétil em comparação com os homens sedentários. Nas mulheres, foi descoberto que andar por 20 minutos de bicicleta aumenta a excitação sexual em 169%.

O exercício promove o bom funcionamento pulmonar e aumenta o fluxo sanguíneo do cérebro, o qual ajuda a manter as funções cerebrais, uma característica de pessoas que continuam com boa memória e perspicácia mental durante o envelhecimento.

A prática de atividade física regular proporciona três importantes benefícios para o sono: ajuda a adormecer mais rapidamente, ter um sono profundo mais prolongado e de melhor qualidade e despertar menos durante a noite.

Protege a mobilidade e a vitalidade. O exercício retarda o declínio natural do desempenho físico que ocorre com o envelhecimento. Muitos estudos têm demonstrado que os idosos mais ativos preservam maior e melhor mobilidade e, consequentemente, são mais independentes.

Equipe de Nutrição Hospital IMO